CONHEÇA O ESTILO DE DECORAÇÃO INDUSTRIAL

POR

Entre os anos 60 e 70, Nova Iorque passou por um crescente adensamento populacional. Por uma questão de zoneamento urbano, as fábricas situadas no Lower Manhattan foram relocadas para além do Hudson gerando uma região obsoleta e degradada ao sul de Manhattan.

Fábrica desativada no Soho-NYC transformado em habitação multifamiliar.

Muitos artistas viram potencial nas fábricas abandonadas e montaram ali, na região do Soho, seus ateliês e moradias, reconfigurando um novo jeito de morar, autêntico, original e cosmopolita.

Loft no Soho-NYC

Esses espaços amplos ficou mundialmente conhecido como lofts, ambientes com tubulações aparentes, madeira, metal, concreto, pé direito duplo e layout totalmente integrado. Um exemplo de uma decoração industrial no cenário atual, é o apartamento da musa fitness Gabriela Pugliesi, na zona Sul de São Paulo, a blogueira decidiu morar de um jeito que refletisse seu estilo e sua personalidade, optou então por contratar o escritório Diego Revollo Arquitetura.

Paredes foram revestidas de tijolinho, tubulações ficaram expostas além do uso de cimento queimado- reforçando a estética da indústria. O tom do projeto predomina o cinza, preto e amadeirado, com exceção do buffet amarelo da Dpot, uma das poucas peças com interferências de cor no ambiente.

Dica: A madeira é uma textura complementar a cor amarela, por isso quando usados juntos ficam em harmonia.

Escrito por Adelino Marinho Neto é arquiteto, urbanista e professor de estilo, composição e tendencias do curso de Design de Interiores do Centro Europeu.